A triste realidade da nossa Liga

Numa pequena nota off-FCP, ma pessoa olha para estes números que surgem no MaisFutebol e não sabe se há-de rir ou de chorar. Se não fossem as transmissões televisivas, muitos destes clubes já tinham fechado portas, e sinceramente não sei se valerá a pena aguentarem "ligados à máquina" desta forma...

Se um bilhete para um jogo da Naval custa em média 20€, multiplicando isso pela média de cerca de 1200 pessoas que o clube tem durante esta temporada, dá cerca de 24 mil euros. Até agora, então, tendo disputado 12 jogos em casa, o clube arrecadou a gigantesca quantia de 288 mil euros. Para um clube da Liga Sagres, teoricamente o topo das competições profissionais portuguesas.

É muito pouco para se manterem à tona, quanto mais para contratações sonantes e/ou manter escalões de formação em quantidade e qualidade...

3 comments:

miguel disse...

Caro Jorge. Penso que uma das soluções poderia ser esta que escrevi há uns tempos: http://notallisfootball.blogspot.com/2009/11/quantas-equipas.html

Cumps

penta1975 disse...

@ Miguel

considero a sua sugestão pertinente, mas esse não será o caminho.
aquele deverá ser a revisão do preço dos bilhetes para se assistir a um jogo de futebol. explico sucintamente.

o 'post' refere um aspecto curioso: «um bilhete para um jogo da Naval custa em média 20€» para uma «média de cerca de 1200 pessoas que o clube tem durante esta temporada».
é a visão da 'chulice' no seu auge - vamos 'esmifrar' estes tipos até ao tutano - ao invés de, por exemplo, reduzirem o preço daquele rectângulo para 5€, por exemplo. para quem tem família, o custo de um só bilhete a preços actuais, daria para levar a mulher e dois filhos. basta ver o sucesso desse valor nos jogos da Selecção: os estádios por onde passa estão sempre "bem compostos".
e ainda teriam a vantagem de, mesmo que a receita não fosse assim tão elevada, poderem jogar com um estádio com as suas bancadas bastante coloridas - e não me refiro aos estádios idealizados pelo Taveira. ;)

fundamentalmente: lastimo que os tipos com poder não sejam sujeitos a pagamentos para visualizar os jogos mais importantes. sei que é uma ideia utópica - quiçá, comunista - mas bastaria um FCP vs. Chelsea, POR EXEMPLO, não ter direito a "wild cards" e/ou "convites empresa" e seria vê-los a enviar as secretárias para as filas das bilheteiras ;)

saudações PENTACAMPEÃS!

Anónimo disse...

acordem para a vida.
façam um campeonato de 3 equipas a 10 voltas.

qualquer campeonato europeu, tenha 20 ou 30 ou 40 ekipas tem melhores médias, e acima de tudo, medianas, que em portugal.

os atrasados mentais, todos os portugueses, que só olham para 3 equipas e chamam de "grandes" (em mais nenhum campeonato se chama a ninguem de "grandes"), esquecem-se que matam todas as outras equipas.

nem com bilhetes grátis os outros estádios enchem.

aqui devido a gajos que pensam assim, é e será sempre, 1 estádio cheio, 2 mais ou menos, e os outros todos VAZIOS.

mais de metade dos estádios aqui têm 3 mil e menos pessoas, em mais nenhum lado é isso. e baixando para 12 equipas, o resultado dava 4 mil na mesma.

tudo isto por atrados mentais que pensam que interessa é ter 3 equipas e chamar-lhes "grandes", e as outras é só para encher, quantas menos melhor... sim, a pensar assim mais vale apagá-las.

façam lá o campeonato a 3 a 10 voltas e desamparem a loja!

http://1.bp.blogspot.com/_hhxbN6T6QLM/S7E6XQXcbBI/AAAAAAAABw8/XhjOqi975U8/s1600/medias+assistencias.jpg

tchau, fui!

© 2008 Por *Templates para Você*