Baías e Baronis - Braga vs FC Porto

Foto retirada do Record

Rijo, duro, difícil, ultrapassado. Foi um teste muito complicado de passar e pudemos contar com a inspiração de um rapaz que começa a conquistar os adeptos. Nico Otamendi bisou em Braga, desbloqueando o resultado pretendido quando a exibição, especialmente na primeira parte, não foi famosa. Para além da organização defensiva pressionante do Braga e de alguma falta de clarividência do nosso ataque, temos a somar a implacável agressividade que os rapazes do Minho puseram em campo, com patadas, entradas de carrinho a pés juntos, provocações permanentes e um geral estado de "bate primeiro e pergunta depois" que enervou os nossos jogadores e felizmente houve auto-controlo suficiente para impedir que a permissividade de Duarte Gomes pudesse fazer com que o jogo violento continuasse não só com os pitões mas com punhos cerrados. Aborreceu-me, francamente. Notas abaixo:










(+) Otamendi  E esta, heim? Se alguém apostasse que Otamendi fosse marcar dois golos fora contra o Braga e desse a vitória à equipa, chamava-lhe parvo e que não sabia o que fazer ao guito. O que é certo é que o neo-proto-líder da defesa ao lado do sempre presente Rolando acaba por ser um herói que deu alento a uma equipa que tentava furar mas que batia numa parede de pitões e joelhadas. Otamendi, com classe e oportunismo, marcou numa excelente quasi-paradinha de fazer inveja a muito colega da selecção dele. Estás em grande, rapaz, todos esperamos que continues.

(+) Fernando  Voltou o "polvo" a sério. Começou mal e parecia que ia continuar a forma absurda que tinha vindo a mostrar nos últimos jogos com as ridículas perdas de bola a meio campo (és capaz de NÃO DEIXAR que a bola bata no chão antes de a disputar?!) mas rapidamente voltou a interceptar montanhas de bolas e a aplicar o princípio que faz dele um trinco muito acima da média: recebe, domina, passa. Simples, Fernando. É assim que o quero ver sempre a jogar.

(+) Helton  Mais um excelente jogo do nosso capitão. Uma ou outra defesa, um voo e várias situações onde controlou a área como devia, dando confiança à defesa e permitindo que a equipa estivesse solta na zona defensiva. A não-pressão alta do Braga ajudou, mas Helton não deixou que ninguém brincasse em serviço.

(+) Fucile  Sereno pode ser muito esforçado mas não tem a inteligência ofensiva do uruguaio. Algumas falhas de posicionamento que acabam por ser naturais num jogador que sobe pelo flanco mas acima de tudo houve uma superior capacidade de esticar o jogo pela ala ao contrário do que tinha acontecido nos últimos jogos por incapacidade do alentejano. É deste Fucile que precisamos para o resto da temporada.












(-) Ineficácia na frente  Entre passes falhados, remates ao lado e perdas de bola, houve tanto contra-ataque perdido na segunda parte que mais parecíamos uma equipa de verde-e-branco. Se o que vimos hoje em termos de eficácia voltar a acontecer na quinta-feira por terras andaluzes, podemos estar a pôr as mãos na cabeça com ar frustrado porque não se pode falhar tanto em tão pouco tempo. Otamendi salvou o dia e ainda bem, porque os avançados estavam em dia não.

(-) Varela  Inerte e enervante por essa mesma inércia. Duas ou três corridas não justificam que fique a olhar para as bolas que passam perto dele e que Varela parece nunca conseguir atingir. Esteve abaixo do que sempre espero dele e não conseguiu manter o nível da semana passada.

(-) Nervosismo de Belluschi  Não podes, rapaz. Não podes abusar nas faltas a meio-campo, não podes esticar o pé a um avançado na tua própria área, não podes falhar tantos passes fáceis mesmo que sejas dos poucos que tenta as rupturas pela relva, mas acima de tudo não podes "fazer peito" ao árbitro! Homem, por muito que ele te grite aos ouvidos, tens de te acalmar porque és um jogador titular do FC Porto e muito do jogo da equipa passa por ti e pelo teu colega do lado que não está na melhor forma mas que disfarça sempre com a inteligência que mostra em campo. Tem mais calma, pronto, vai lá tomar banho descansado!

(-) Miguel Garcia e os amiguinhos  Já cá faltava uma corja destas. Miguel Garcia foi o belo rosto barbudo e com aspecto andrajoso em geral de uma equipa que passou hora e meia a distribuir lenha gratuita por tudo que corria de azul-e-branco. De Sílvio a Vandinho, passando por Mossóró e pelo garboso Miguel Garcia (que levou um cartão amarelo para lá dos 90 minutos...por protestos!), este conjunto de bestas mostrou uma capacidade notável de diversificação, começando pelas entradas de pés juntos, continuando pela sempre genial patada nos gémeos e terminando com a famosa joelhada nas costas. Duarte Gomes permitia tudo isto com a passividade de um jovem a fumar uma erva agradável e a ouvir Portishead num quarto escuro, e os rapazes de vermelho e branco, quiçá inspirados em Javi e David, a dupla da bordoada legitimada pela nossa arbitragem, continuavam o recital de chuto e pontapé. Todo o jogo. Ridículo.




A pressão estava do nosso lado, depois da vitória do Benfica. A resposta apareceu com dignidade, força de vontade e garra, com uma equipa a querer dizer: "Oh minha gente, por muito que cantem as loas aos outros e desprezem o que fazemos, ainda cá estamos. E estamos no topo por mérito próprio, seus imbecis!". Notou-se acima de tudo uma maior inteligência na troca de bola e por muito que tenham sido perdidos contra-ataques perigosos e tenhamos sido pouco eficazes na frente, o resultado final é perfeito. E agora...Sevilla!!!

10 comments:

The Blue Factory of Dreams disse...

Subscrevo inteiramente todo o post caro Jorge, uma vitória saborosíssima, com um herói Otamendi a substituir todos os artistas.

Aproveito também para deixar o convite, amanhã de manhã vou publicar uma extensa entrevista com um dos mais estacados bloggers Sevillistas, numa forma de conhecermos melhor o outro lado e saber como estão as coisas por lá.

Espero que passem por lá e apreciem a mesma.

Um forte abraço

http://thebluefactoryofdreams.blogspot.com/

Orgulhoazulebranco disse...

Sinceramente,gostei.Houve atitude,garra,determinação e cabeça fria(tirando aquele "mas tás-te a mandar sócio?!" do Belluschi ao árbitro.)

Jogo totalmente controlado a partir dos 10 minutos e o resultado peca por escasso,talvez,por,como tu disseste,não termos aproveitado melhor os contra-ataques e outro tipo de movimentações ofensivas,se calhar porque jogamos sem pon...whatever,terá sido esta a última vez?

Uma vitória muito muito importante a destronar toda a (incrível!) onda que se formou a partir do framing da corja do costume,do jorge tyson e de outras distintas personalidades que a esta hora devem ter um rennie na mesinha de cabeçeira.Embrulhaaaa

Bem,seguem-se os senhores andaluzes.Que se mantenha esta solidez defensiva,e que um tal senhor de cabelo preto ondulado volte a um lugar que há muito está desocupado da melhor maneira possível.O resto dos cavalheiros,que se mantenha con estas ganas.

A juntar a campeonato,liga europa e taça(ainda não desisti)a equipa tem ainda mais um grande objectivo para esta época que eu adorava ver concretizado:

-Marcar um golo de canto!
Já os criamos em catadupa,agora só falta fazer algo de útil com eles.

Fleming disse...

Nem mais!

Acho que ja temos dupla de centrais para o resto da epoca. O Maicon por muito "engraçado" que seja falha sempre quando nao deve. Para centrais a part-time temos o Sereno, que ja da e resta.

Btw, gostava de aproveitar para vos mostrar isto: http://www.blogazul.com/2011/02/14/as-redes-sociais-e-os-futebolistas/

Depois do Fucile...Guarin! O que dizer disto?! Explicaçoes procuram-se.

PS - teclado sem acento.

Abc e continuaçao de um bom trb com o porta19.

joshua disse...

Há aquela velha táctica de fingir de morto para atacar ainda mais mortiferamente e sem piedade, como ensinava à sua irmã o imperador Commodus, no filme "Gladiador."

Está na altura de brilhar e reaparecer o melhor FC Porto, precisamente quando é mais preciso.

Até aqui fora gestão de esforço tendo em conta as enormes exigências de Fevereiro/Março.

Diogo disse...

Esta sim é uma resposta fortíssima ao todos que semana após semana anunciam o apocalipse do GRANDE PORTO! Não tanto pela beleza de jogo (a taça de NOTA ARTÍSTICA pode muito bem ficar para o sul...) mas mais pela vontade e força de espírito demonstrada pelos nossos jogadores na pedreira que garantiram mais uma vitória incontestável no caminho para o campeonato! É impossível falar deste jogo sem falar de Otamendi, que numa noite mais desinspirada da malta da frente, desbloqueou o jogo ao marcar um golo "à ponta de lança" e depois a acabar com o jogo num golo de oportunidade.
Ainda hoje não sei como é que é possível que o Braga acabou com 11 jogadores mercenários em campo! O AXA ontem era mais uma serração do que uma pedreira, tanta foi a lenha que foi distribuída, principalmente pelo Garcia, que só apanhou um amarelo aos 90 e por protestos!!!


eternomagnifico.blogspot.com

reine margot disse...

Hoje concordo inteiramente com todos os Baías e Baronis - gostei muito de ver o Fernando e o Fucile de volta, e talvez o Sapu pudesse também ter um menos suave - mas sobretudo de ver uma equipe inteligente e solidária. O que muitas vezes acontecia no ano passado era não haver linhas de passe - a defesa tinha que se desenrascar sozinha, os avançados idem... neste jogo voltou a haver dobras e entre-ajuda. E, isso muda tudo. A foto demonstra a felicidade dos outros pelo feito do Otamendi e esse espírito de "tropa: o gajo que está ao meu lado é meu irmão", e ter inteligência para não abusar disso mas o usar, é que faz as equipes campeãs. O "brilho" - que para mim a vitória de ontem foi bem brilhante - vem depois...

Hintze disse...

Não podia estar mais de acordo com o post. Dragão rima com campeão.

Eduardo Caldeira disse...

Num campo onde costuma ser dificil para qualquer adversário, o FC Porto venceu e convenceu, depois de uma série de exibições menos conseguidas. Uma grande vitória que cala o histerismo benfiquista, que mal derrotou o Vitória, já se saboreava uma possível derrota azul e branca. As capas de alguns jornais de hoje nem vale a pena comentar, parece que o clube do regime está em 1º lugar! Lá continuam os enc@rnados a ser levados ao colo pela imprensa centralista.

Não foi um jogo brilhante por parte dos Dragões, mas foi completamente seguro e controlado pelos nossos jogadores, onde a equipa do Braga registou somente dois remates, que surgiram apenas no 2º tempo da partida.

É uma vitória que nos lança definitivamente para a conquista de mais um campeonato, só um descalabro permitirá a perda do 25º Campeonato. Os azuis e brancos agora só têm mais duas deslocações com algum grau de dificuldade: à Luz e à Madeira. Como é óbvio, todos os outros jogos são encarados com a mesma importância.

O nosso meio-campo foi bastante forte, onde o Fernando voltou às grandes exibições, secando completamente a equipa minhota. João Moutinho deu bastante equilibrio e foi o pronto-socorro da equipa. Belluschi foi bastante batalhador e muito criativo na construção de jogo.

Mas o grande destaque desta partida vai para o quarteto defensivo do Futebol Clube do Porto, que esteve bastante seguro. Otamendi resolveu uma partida que parecia dificil, marcando dois golos à Falcao.

http://dazuis.blogspot.com

Dragus Invictus disse...

Boa noite,

Foi uma grande vitória num campo difícil.
O Braga só rematou 2 vezes, por mérito nosso, e já depois de nós estarmos a vencer 2 a 0.
Entramos determinados no jogo, aguerridos, pressionantes, e o nosso meio campo reinou em Braga.

Excelente Fernando, um autêntico eucalipto que secou tudo à volta, Moutinho o pronto-socorro, e Belluschi muito criativo na construção e batalhador.

Hulk muito forte novamente. James muito bem, e merecia um golo pelo que fez. Varela esteve menos bem.

O nosso quinteto defensivo esteve implacável, muito seguro, bem subido e sem permitir espaços aos atacantes bracarenses.

Nicolás "El Fiera" Otamendi marcou dois golos à "El Tigre", muito oportuno, e o primeiro golo é fantástico. Nitidamente o melhor em campo a par de Fernando.

As galinhas continuam a ser levadas ao colo pela imprensa centralista de Lisboa, mas nós cá do FC Porto temos uns Bytes a mais de inteligência, e isto só nos motiva e dá força/vontade de vencer.

Para essa imprensa vermelha aqui vai um caloroso Byte Foder à moda do Porto

Abraço e boa noite

Paulo

http://pronunciadodragao.blogspot.com/

AZUL DRAGÃO disse...

..." E estamos no topo por mérito próprio, seus imbecis!"...


Nem mais !

© 2008 Por *Templates para Você*