Baías e Baronis - FC Porto vs Nacional

Foto retirada do MaisFutebol

Ao contrário do jogo contra o Beira-Mar, este nunca foi um tédio. Entrou muito bem, ao contrário do que aconteceu nos últimos encontros, e fez um jogo muito competente, calmo, tranquilo, a rodar a bola com facilidade, falhando poucos passes de progressão e não fossem algumas facilidades dadas pelos centrais na tentativa de puxar o Nacional para uma pressão ainda mais alta e abrir espaços, o jogo teria sido quase perfeito. Hulk em grande, James a melhorar muito e a melhor exibição (de longe) de Rafa com a nossa camisola. A qualidade do jogo foi directamente proporcional à temperatura que se sentia no Dragão, porque se começou em grande com um ambiente fresquinho, foi baixando ligeiramente à medida que a malta ia enregelando nas bancadas. Ainda assim houve brilho nos golos, afinco no controlo do jogo e algumas jogadas geniais acabaram por aquecer os corações, já que as extremidades não tiveram a mesma sorte. Allez à les notes:










(+) Hulk  É actualmente O jogador de decisão no FC Porto. Com Moutinho um pouco mais apagado que no início da temporada e Falcao afastado tanto tempo por lesões sucessivas, Hulk é o verdadeiro abono de família cá do burgo. O jogo está preso? Passem para o Hulk. O meio-campo não roda a bola com velocidade? Passem para o Hulk. O Varela está preso de movimentos? Passem para o Hulk. Todo o nosso jogo depende dele, das arrancadas e dos remates de longe ou de perto, a presença dele torna o nosso jogo melhor, tão melhor que os adeptos já lhe perdoam uma ou duas parvoíces de fintas impossíveis porque...nunca se sabe o que dali vai sair. Merece a chamada à Selecção.

(+) James  Está a evoluir bastante na equipa e marcou hoje um golo que lhe vai valer ainda maior confiança dos adeptos. Villas-Boas apostou no puto na altura certa e parece cada vez mais adaptado à equipa e ao nosso futebol. Ainda tem muito para aprender, especialmente quando recebe a bola em zonas de decisão, porque parece enervar-se e tenta passar a bola rapidamente ou rematar sem grandes hipóteses de sucesso e acaba por se atrapalhar, como hoje sucedeu algumas vezes. Precisa de continuar a melhorar mas tem talento que chegue e sobre para ser um elemento activo no plantel.

(+) Rafa  O melhor jogo de Rafa com a camisola azul-e-branca acabou por ser, ironicamente, vestido de amarelo. Deu continuação à boa exibição de Aveiro com uma excelente partida hoje à noite, inteligente no corte, perfeito no domínio de bola pelo flanco (fez uma "picadinha" para passar por um jogador do Nacional que lhe valeu um belo aplauso) e até os cruzamentos estavam a sair bem medidos. Se jogar sempre assim, com Sapunaru no outro flanco a manter o nível alto desde o início da época, Fucile está com a vaga no onze tapada.

(+) Sapunaru  Muito bem, mais uma vez. Foi menos explosivo que Rafa mas igualmente bem no controlo defensivo da zona que lhe estava reservada. Tentou sempre subir com força e alguma cabeça, aparecendo várias vezes na entrada da área ou até lá dentro (a heresia!) e se tivesse sido melhor servido por Belluschi (que parece por vezes passar a bola com mais força do que remata, admita-se) até podia ter marcado um golinho. Que época está a fazer o romeno!











(-) Varela  Não está em forma e nota-se na forma como aborda a maioria dos lances. Parece distraído e alheia-se das jogadas quando é obrigado a rodar rapidamente e fazer um sprint com a bola controlada parece tão fora do seu alcance como o Brad Pitt para a Odete Santos. Com Hulk a jogar ao meio Varela parece perder-se ainda mais, porque a grande maioria das bolas que lhe foi parar acabaram retornadas a Rafa ou perderam-se pela linha final. Começa a ser penoso vê-lo na equipa titular.

(-) Falhas técnicas (outra vez) na defesa  Não me incomoda nada quando vejo um jogador a atrasar a bola para o guarda-redes. Por vezes é a melhor forma para libertar a pressão de um ou mais adversários e rodar a bola para zonas mais tranquilas. O problema nesta equipa do FC Porto acaba por ser a forma como os defesas (principalmente os centrais e Fernando) parecem incapazes de controlar a bola com a concentração necessária e vêem-se quase sempre incapazes de simples passes que permitam progredir no terreno. Hoje notou-se perfeitamente o nervosismo de Rolando e Maicon com a bola nos pés, havendo alturas em que quase se notava o proverbial feijão a sair dos calções, tal apertado estava o orifício em que tentava entrar. Há que melhorar nessa área.



Neste momento, com um jogo a mais, temos provisoriamente 11 pontos de avanço (que serão 12 porque não acredito que possamos perder na Luz por mais de 5 golos e tenho fé que nem sequer perdemos) e faltam agora 12 jogos para terminar o campeonato. Desses 12 jogos, 5 serão no Dragão e outros 7 fora de casa. Dependemos apenas de nós e temos tudo na mão para vencer esta treta e a jogar como fizemos hoje, contra uma equipa forte e matreira, somos os grandes candidatos a chegar ao final no topo. E agora há que tentar um pequeno milagre no Sábado e esperar que este mesmo Nacional fraqueje contra o Beira-Mar...

13 comments:

Anónimo disse...

Mais uma grande vitória do nosso clube.
Mais uma péssima arbitragem.
VIVA O NOSSO FC PORTO

ultrafcporto disse...

Caros amigos portistas, um jogo muito bem conseguido, e o resultado final, não foi mais alargado, porque não calhou. O Hulk esteve impecável, Varela esteve muito melhor do que no último jogo. James Rodriguez fez um chapéu com classe. Sem nódoas apontar.
Cump.
www.ultrasfcporto.com

Mundo Azul disse...

Entramos a matar, como era necessário, vivemos e dominamos o jogo de forma bem mais tranquila.

Hulk que grande jogo. Anda a treinar a posição 9, a forma como ia a todas de cabeça, aquela que vai à trave seria um golo fenomenal. A passe de Rafa, é verdade, aleluia!

Não percebi porque não jogou Otamendi. Varela mostrou-se em muito má forma em Aveiro, hoje repete a titularidade e continua mal. Voltou a demorar imenso para sair. O Walter não merecia isso, mas isso é o que penso.

James está um senhor, A forma como se tem adaptado e voluído, com a idade que tem. A coragem de assumir o jogo, a qualidade técnica e o mágico pé esquerdo. Uau.

O Varela que se ponha a toques.

Curioso para saber as movimentações do mercado.

11pontos

Revolta FCP disse...

Ontem foi um daqueles jogos para os quais eu ia á espera de tudo. Se por um lado acho que o Porto está claramente a subir de rendimento e apenas os que acreditam nas frases do Pasquim podem achar o contrário.

Continua a ser notória a falta de Falcão, mesmo com o Hulk a apurar o faro de jogador de área, sente-se claramente que cada vez mais o tridente deverá passar por James-Falcão-Hulk. Varela ontem demonstrou que não está na forma que tinha no principio do ano. (Vamos ver para a semana, diz-se que ele apura contra os vermelhos).

O Nacional foi uma equipa fraca, que pouco retaliação deu aos ataques do FCP.

Notas positivas para jogadores que estão em claro crescimento como Rafa e Jamez.

Nota ainda para o golo anulado ao Cebola limpinho.

Hulk - Se o Falcão faz falta, Hulk tudo tem feito para que o Porto siga em frente. E voltou a resolver, desta vez com um golo de cabeça (algo que não esperava ver do brasileiro) e com um tiro do "costume". Preocupa-me apenas que tenha 4 amarelos e que se levar o 5º na Taça da Liga não possa jogar com o Benfas... mas o André deve estar atento a estas coisas.

James - Está a crescer a olhos vistos este jovem. Dotado de uns pezinhos que são muito acima da média e a aprender a usar a "tola" em conjunto... Ontem marcou e viu-se que só serviu para aumentar a vontade de jogar. É daqueles que não joga por profissão... é um gozo jogar á bola e é um gozo vê-lo jogar.

Rafa - Está a surpreender-me este rapazola. Sou um crítico do sector defensivo do Porto, mas está a aguentar-se na substituição do Palito e a deixar o Fucile no banco. Continuo a preferir o Palito, mas é bom saber que temos alternativas.

Belluschi - Gostei do jogo do argentino ontem. Mais preciso, com atenção e com mais precisão nos passes. Gostava que fosse mais constante este rapaz, porque talento não lhe falta. Nada tem a ver com o jogador dos tempos do Jesualdo.

Defesa - Maicon e Rolando. Ainda está ali qualquer coisa que não funciona. Aquele passe para o avançado do Nacional arrepiou... ou então sou eu que já me habituei ao Otamendi...

Foi um jogo importante para o caminho do titulo. Estamos agora a 11 pontos e aumenta-se a pressão sobre os "bermelhuscos".

Agora é ganhar na taça da liga (sem Hulk) e venha o Benfas... (e venham mais cinco...)

reine margot disse...

(Porque é que ninguém refere o golo anulado ao Cebola?)
Gostei bastante do jogo, e a propósito da importância (inegável) do Hulk, li uma entrevista do Gerson que acabava assim: - "o espectador deveria perguntar como a bola chegou ao peito do Crioulo (Pelé) no gol contra os tchecos em 70. Não foi mágica não, a bola não apareceu ali do nada. Teve alguém que pôs a bola lá, certinho." Claro que esse alguém foi o Gerson, e isto é só para dizer que também houve alguém que colocou a bola na área para cabeçada do Hulk, e sem o milagre dos "3 fazerem um quadrado", também houve muitas "triangulações não monologantes " bem interessantes...
Cada vez me parece mais que o AVB a sabe toda, e que consegue dominar a ânsia dos jogadores... Se ele tivesse um pouco da maldade do Mourinho em breve seria o melhor do mundo...

penta1975 disse...

Jorge, caríssimas(os),

ontem, no Estádio do Dragão, houve (mais) um recital de bom futebol. houve «ópera» - e daquela que não é bufa! ;)
é mesmo muita «pressão» - só que há já algum tempo que esta não habita para os nossos lados ;)

saudações desportivas mas sempre pentacampeãs!

Tomo I

P. Ungaro disse...

Bom dia,

Gostei do FC Porto de ontem. O nacional não veio com o autocarro e jogou com a mesma atitude que tinha feito aqui para o jogo da taça da liga, no entanto ontem fomos bravos, determinados e mostramos a nossa raça, com bom futebol, golos (para nós são sempre poucos) e com pormenores fantasticos de varios jogadores.
Destaco James ... um bravo, um lutador, que vai dar muito que falar.

Um abraço

http://fcportonoticias-dodragao.blogspot.com

joshua disse...

Gostei do que vi, em especial de James. Abraço.

Dragus Invictus disse...

Bom dia,

Ontem tivemos momentos de grande espectáculo. Grandes jogadas e pormenores individuais mágicos.

Fizemos um jogo seguro, inteligente, e na segunda parte o Nacional nada conseguir fazer para reagir.

Hulk foi incrível ... disputar bolas com Felipe Lopes no ar não é para qualquer um!!!

Destaco um jovem que muitos por vezes criticam, Rafa.
Emídio Rafael fez um jogo excelente, apanhou pela sua frente os dois mais perigosos jogadores do Nacional, Claudemir (3 golos na liga, defesa direito revelação deste campeonato, que sentou Patacas no banco) e Mateus. Conseguiu anular as acções destes dois adversários e ainda fez uma excelente assistência para Hulk que isolado falhou. Esteve bem a atacar e a defender, mostrando que está a ganhar o seu espaço.

Rolando foi mais uma vez imperial, Helton seguro.
Sapunaru muito bem a defender. Maicon melhor que nos últimos jogos. Fernando, Bellluschi e Moutinho excelentes.
Varela e James são um quebra cabeças para qualquer lateral.

Boa casa, com o público a apoiar.

Foi fantástico.

Abraço

Paulo

http://pronunciadodragao.blogspot.com

Diogo disse...

Grande jogo no Dragão ontem! Foi um recital de bom futebol e bons golos e um jogo espectacular de Hulk.
agora venham os mouros!!!


eternomagnifico.blogspot.com

Armando Pinto disse...

Gostei da exibição, com passes arriscados, de modo a apanhar de surpresa o adversário, e a fazer pressing, enfim em mais uma boa prestação. Apesar de na 2ª parte não ter havido golos validados, pois houve um que foi mal invalidado, além da bola que foi ao ferro e algumas outras jogadas que podiam ter resultado, foi um bom jogo no seu todo.
Do que se passou em Vila do Conde, antes e durante, se fosse com o Porto mesmo em pequena escala, o que a comunicação social não dizia... Assim tudo como dantes...!
Mas voltando a nós, no fim de contas um aspecto merece também relevo: Hulk foi na verdade uma grande contratação, como muitos anos antes foi o Madjer, por exemplo, que andava quase escondido por França, etc.
E esta época, mesmo alguns nomes que pareciam de menos valia estão a revelar-se promissores, como no caso do Rafa, que começa agora a mostrar-se, pelo que se viu no jogo de ontém.
E, noutra vertente: Villas-Boas respondeu bem aos críticos de trazer por casa, aos jornaleiros e a Mourinho...
Abraço.
http://longara.blogspot.com/

Dragaopentacampeao disse...

Finalmente um jogo bem conseguido do princípio até ao fim.

Agradável, com ritmo, com muitas oportunidades e nenhuma hipótese para o adversário.

Vencer e convencer. É este o lema que deve nortear os nossos atletas até ao final da época.

A um campeão não o basta ser, tem também de o parecer.

Um abraço

Hintze disse...

Este foi o jogo mais bem conseguido em muito tempo. Boa atitude, boas jogadas, bom futebol. Quanto ás "falhas" da defesa deve-se ao facto de AVB insistir em rodar entre o Maicon e o Otamendi, o que quanto a mim não beneficia em nada a consolidação da defesa, sinceramente não percebo porque o faz, mas ele é que sabe.

reinododrgao.blogspot.com

© 2008 Por *Templates para Você*