Memória Azul - Nº 3 - Equipa 1999/2000


foto retirada da Record "Apresentação da época 1999/2000"

Foto da equipa que se apresentou aos adeptos em jogo particular frente ao Standard Liége (vitória por 3-0 a 27 de Julho de 1999) no arranque para a temporada 1999/2000, onde tínhamos o objectivo de chegar ao hexa-campeonato...e que acabou por ficar para a (minha) história como "a temporada em que Fernando Santos conseguiu perder o campeonato mesmo tendo Jardel, Drulovic e Capucho na equipa".

De notar a presença desse ídolo das massas na equipa, no canto inferior direito: Alessandro.

11 comments:

Orgulhoazulebranco disse...

No tempo em que o sporting era um candidato ao título...

Jardel,Drulovic,Capucho,Baía,Jorge Costa,Aloíso(adorava o gajo!)Rui Barros...e perdemos o campeonato para o Acosta,André Cruz,Cesar Prates...

Não me lembro da época em si,só me lembro daquela derrota terrível em Alvalade e do último jogo,em Barcelos. x)

Também não me lembro da fama do Alessandro.Lembro-me dele mas,sinceramente,já nem me lembro se era bom jogador ou não,o que não deve ser bom sinal de todo x)

Daniel Gonçalves disse...

Não esquecer que nessa época também veio para o Porto em simultâneo com o Alessandro o Argel (central) e o Rubens Júnior. Quanto ao hexa, a derrota com o Campomaiorense, com uma arbitragem lastimável que nos prejudicou, ficou comprometida, a derrota em Alvalade acabou com tudo, um mau atraso do Secretário e pronto. Esperemos que este ano se abra de novo a hipótese de um hexa.

Luis Pinho disse...

Tem piada, tinha ideia que o Rui Barros nunca tinha perdido um campeonato pelo Porto...

Foi realmente uma grande proeza do Fernando Santos e apesar de concordar que o jogo de Campo Maior foi uma vergonha acho que a maior vergonha foi o desempenho desse treinador, conseguiu transformar uma equipa extremamente agressiva e sempre virada para a baliza num conjunto de jogadores que queriam era despachar a bola, pelo menos é a minha recordação desses tempos...

Tb me lembro que o Capucho queria ir embora, ainda tínhamos o handicap de ter o Secretário na equipa e alguns dos virtuosos já referidos pelo Sr. Daniel, mas acho que podíamos ter ganho um hexa sem grandes dificuldades...

dragao vila pouca disse...

Não te conhecia esse humor cáustico. O Alessandro era um jogador conceituado no Brasil, que, antes e depois de ter jogado no F.C.Porto, representou as melhores equipas brasileiras. Não resultou, paciência.

É, o futuro do F.C.Porto está garantido, com tantos e tantos portistas infalíveis, podemos ficar tranquilos.

Um abraço

Jorge disse...

pois foi exactamente por isso que fiz alusão ao rapaz. quando o FC Porto o foi buscar fiquei muito impressionado com este primeiro jogo com o Standard Liége, onde se não me engano marcou um golo. fazia-me lembrar o Jorge Couto e estava cheio de vontade de o ver triunfar, mas não estava escrito.

agora quanto a portistas infalíveis, há muitos mas não me incluo no lote, como sabe :)

José Luís disse...

Era uma bela equipa, sim senhor, mas com um treinador que tinha passado pelo Estrela da Amadora cuja aposta na 2ª época não correu bem.

Ora, passado 10 anos voltamos a ver um ex-treinador do Estrela da Amadora que está a entrar com o pé esquerdo na 2ª época... se for um presságio... Pelo menos agora o Jesus já arranjou um belo dum Cristo, por 8M5€ bem que se podia arranjar um frangueiro que fosse melhor do que o Kralj a sair aos cruzamentos...

Estou a pensar criar um grupo no facebook entitulado "O Quim defendia aquela bola!"

Anónimo disse...

E não esquecer outro grande nome dessa equipa: Deco!!

_-The_Matrix-_ disse...

Lembro desse primeiro jogo do Alessandro que impressionou bastante ao contrário do compatriota que também chegou nesse ano e nesse jogo foi para esquecer, falo pois do Rubens Junior.

Curiosamente o Alessandro acabou por jogar menos vezes que o Rubens Junior ao serviço do Porto.

Quanto à equipa da foto, está ali muita classe e ainda hoje não sei como perdemos o campeonato.

ultrafcporto disse...

Ora boas, isto sim é um Porto a jogar á Porto, um Porto sem receios, convicto, poderoso. E com uma criatividade espectacular, Beluschi sem dúvida deve ser ele sempre o marcador de serviço dos livres tenho dito.

Cumprimentos,
ultrasfcportomatosinhos

penta1975 disse...

por curiosidade fui "investigar" os nomes dos rapazes ao zerozero.pt e fiquei surpreendido com alguns dos nomes que encontrei nesse plantel. alguns exemplos: Argel (sairia pela porta pequena devido a desacatos na Torre das Antas, com computadores à mistura, ingressando naquele clube cujo nome não se deve pronunciar); Nelson (lateral direito proveniente do Sporting em final de carreira); Emílio Peixe (caído em desgraça no Sporting, como que renasceu no FCP); Panduru (mais um daqueles negócios "vamos levar este gajo do SLB para o FCP que ele é craque" e depois... bolha); Fehér; Duda (quem foi esta peça?).

curiosidades...

saudações PENTAcampeãs!

Tomo I

Jorge disse...

o Duda era um extremo-direito que corria como o vento e era perito em cruzamentos para a bancada. um Folha branco, pronto. seguiu para o Boavista e se não estou em erro ainda lhes deu um jogo a ganhar contra o FC Porto no Bessa...

© 2008 Por *Templates para Você*